Cilla Tech Park aproxima Guarapuava e Foz do Iguaçu

19.08.2020

Em busca de fortalecer o Ecossistema de Inovação de Guarapuava e região, o Cilla Tech Park (CTP) está abrindo nova frente de relacionamento. Dessa vez, os parceiros em potencial estão em Foz do Iguaçu: a usina de Itaipu Binacional e o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI). Uma reunião on line, dias atrás, marcou o primeiro passo dessa aproximação institucional. Representando o Cilla Tech Park na conferência, estiveram o presidente do Conselho de Administração, Sandro Abdanur; o segundo vice-presidente do CTP e CEO do grupo Cilla, Odacir Antonelli; o supervisor executivo do CTP, Paulino Lorenzo Jr; o advogado Rodrigo Borges de Lis, um dos conselheiros jurídicos do CTP; e os professores Márcio Fernandes e Cléverson Salache, ambos da Unicentro e que respondem pela área de Relações Institucionais do CTP.

Na agenda virtual, a equipe de Foz teve: o general Eduardo Garrido, diretor- superintendente do PTI; Flaviano Masnik, diretor administrativo-financeiro do PTI; Rafael Deitos, diretor técnico do Parque; Rodrigo Régis, diretor de Inovação e Negócios do PTI e Miguel Matrakas, assessor do diretor-superintendente. Pela usina de Itaipu, Maycon Vendrame representou o diretor geral da unidade, o general Joaquim Silva e Luna. Participaram também, como convidados especiais, o coronel Kensei Arashiro, comandante do 26º GAC Guarapuava, e Aldo Nelson Bona, superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado do Paraná (SETI-PR).

Além de uma apresentação institucional de cada um dos ambientes de Inovação (Guarapuava e Foz), a chamada serviu para apontar possíveis direcionamentos que a colaboração pode tomar. “A proposta de vocês, com o Acelera Foz, é o que pensamos em fazer para Guarapuava”, destaca Sandro Abdanur, referindo-se ao programa que tem sete frentes de trabalho em busca de captar investimentos e diversificar a economia da região de Foz. Já Márcio Fernandes destacou o objetivo de promover a mudança de parte da matriz econômica guarapuavana, a partir das ações do CTP, ressaltando a importância da nova cooperação com Foz, especialmente com o PTI, organismo com experiências nacionais e internacionais de grande repercussão e que funciona há 17 anos.

Durante sua fala na videoconferência, o superintendente Aldo Bona reforçou que o momento é favorável à Inovação no Paraná e citou o papel da Superintendência como facilitadora desse processo. “Tudo que pudermos estabelecer de conexões tecnológicas voltadas às necessidades da sociedade paranaense, vamos fazer”, adianta Bona. Os laços entre os dois parques devem se estreitar ainda mais nas próximas semanas, já que uma comitiva de Foz do Iguaçu é esperada em Guarapuava para conhecer as instalações do CTP. A visita, observa Paulino Lorenzo, respeitará todos os protocolos sanitários recomendados pelos agentes de Saúde. Cooperações em mobilidade urbana sustentável, gestão de parques tecnológicos e geração de energias renováveis devem estar na pauta da visita a Guarapuava, arremata o professor Cléverson Salache.

Membros do CTP em videochamada com o PTI

Foto: Além dos dois parques tecnológicos, a SETI e o 26º GAC também marcaram presença na reunião.

 

Membros do CTP em videochamada com o PTI

Foto: Na tela, membros do PTI em videoconferência com a comissão gestora do CTP.

 

Posts Recentes

Cilla Tech Park recebe visita da Clínica Synapsis
Artigos | 31 de agosto de 2020

Cilla Tech Park recebe visita da Clínica Synapsis

Uma equipe da Clínica Integrada Synapsis, de Guarapuava, visitou dias atrás o Cilla Tech Park […]

Leia mais
Cuidado com os termos que confundem
Artigos | 19 de novembro de 2019

Cuidado com os termos que confundem

Já dizia um filósofo do meio digital: “não confunda e-mail marketing com ½ marketing”. “Como […]

Leia mais
Educação, inovação e tecnologia
Artigos | 19 de novembro de 2019

Educação, inovação e tecnologia

Educação, inovação e tecnologia formam o tripé básico que sustenta o desenvolvimento social e econômico […]

Leia mais
Free WordPress Themes, Free Android Games